Giro de Notícias Rio Grande do Sul : 27 de setembro de 2023

Giro de Notícias Rio Grande do Sul : 27 de setembro de 2023

Previsão do tempo: A quarta ainda será de tempo fechado em Porto Alegre, com chance de (mais) chuva. Esfria um pouco, fazendo de 13°C a 18°C.


Após atingir o pico de 3,18m no Cais Mauá, no início da tarde, o Lago Guaíba registrou 3,13m no fim da tarde, em tendência de queda. As comportas permanecem fechadas e foram reforçadas com 190t de areia, distribuídas em 9 mil sacos posicionados na extensão do muro da Mauá.

Chuva de setembro já supera a da enchente histórica de 1941

A chuva em Porto Alegre superou o volume de precipitação que atingiu a cidade na histórica enchente de 1941, segundo a MetSul Meteorologia. Enquanto até as 9h de ontem havia chovido praticamente 414 milímetros, na enchente de oito décadas atrás foram 405,5 mm. E a diferença deve aumentar, pois somente nesta terça caíram mais de 55 mm de chuva na capital. O acumulado fez o Guaíba – que já transbordou na região das ilhas, aumentando o número de abrigados – subir a 2,85 metros no Cais Mauá nesta manhã, 15cm abaixo da cota de inundação. A água invadiu a orla nova. Reportagem do Sul21 mostra a situação dos moradores da Ilha da Pintada. No Centro, os bueiros do Mercado Público chegaram a transbordar durante o dia, situação que foi normalizada à noite. A quarta iniciou com todas as 10 comportas de Porto Alegre fechadas. Uma avaliação a partir das 8h determinará se há condições de reabrir duas delas na região central, para liberar o acesso ao catamarã, cuja operação está suspensa. Em meio a problemas em mais de uma centena de cidades gaúchas, GZH recorda que o governo do estado já investiu 670 mil reais, durante a gestão Sartori, para um estudo que embasaria uma lei de gestão de desastres. No entanto, o texto não chegou a virar projeto de lei para ser apresentado à Assembleia Legislativa.


Acompanhe ! Giro de notícias da situação do Guaíba em Porto Alegre no dia 27 de setembro


  • As mudanças climáticas e suas consequências no aumento da frequência e da intensidade de eventos meteorológicos severos, devem ser encaradas como um problema grave e que veio para ficar.
  • Mesmo que poucos, alheios à ciência e às evidências apontadas por organizações internacionais sérias, ainda considerem como exagero os alertas evidentes de uma transformação (para pior) das condições de clima em nível planetário, a questão deve ser enfrentada com coragem e responsabilidade por toda sociedade.
  • As inundações levaram Canoas a decretar situação de emergência.
  • Em reflexo das cheias, mais de 150 pessoas estão sendo monitoradas pela Vigilância de Saúde por suspeita de leptospirose, após a confirmação de casos da doença em dez municípios do Vale do Taquari.

Sortimento Notícias Rio Grande do Sul . Notícias Rio Grande do Sul através da newsletter do Matinal Jornalismo : Assine o Matinal e tenha acesso a matérias e reportagens exclusivas.


Duas mortes na Grande Porto Alegre

Após o ciclone afetar a Grande Porto Alegre (RS) e provocar enchentes na cidade, um corpo de homem de aproximadamente 30 anos de idade foi encontrado na manhã de quarta-feira (27/9/23) na Avenida Presidente João Goulart, próxima ao Cais Mauá . Segundo informações do Corpo de Bombeiros do Estado, a vítima foi encontrada sem roupas e sem documentos de identificação.Já no município de Barra do Ribeiro, Elizabete Nunes, que estava no carro com o marido e dois netos morreu após não conseguir sair do carro levado pela água

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul emitiu uma série de alertas para o risco de inundação em diversas regiões do estado.

Contra privatização da Carris, rodoviários de Porto Alegre votam por entrar em greve

O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes decidiu entrar em greve. Após assembleia na noite de terça, a categoria optou pela mobilização em razão da contrariedade com o processo de privatização da Carris. O prefeito Sebastião Melo (MDB) será comunicado da paralisação em reunião hoje. Na manhã de ontem, prefeito e representantes dos rodoviários já haviam se reunido. Na ocasião, os trabalhadores rejeitaram a proposta da prefeitura, conduzida pelo Tribunal Regional do Trabalho, de 12 meses de indenização à categoria. Melo, na saída do encontro de ontem, afirmou que a data para o recebimento de propostas pela Carris, dia 2 de outubro, está mantida.

Crescem processos de estupros de vulneráveis no RS

Entre as violências mais recorrentes contra crianças e adolescentes estão os crimes sexuais. Nos últimos quatro anos, a Justiça do Rio Grande do Sul registrou um aumento de 207% de novos processos de estupros de vulneráveis – quando a vítima tem até 14 anos. As ações do tipo saltaram de 966 em 2020 para 2.969 em 2023, considerando o período de janeiro a julho. Entrevistada por GZH, a delegada Caroline Bamberg Machado, diretora da Divisão Especial da Criança e Adolescente (Deca), atribui o crescimento a um represamento das denúncias na pandemia, que dificultou o contato das vítimas. Ela salienta que 90% dos casos de violência sexual são praticados dentro das residências ou por pessoas próximas. Tal situação foi verificada nos casos revelados em uma reportagem da Matinal em agosto, que denunciou um homem apontado como autor de pelo menos três crimes deste tipo nos anos 1990 – as vítimas eram amigas da sua filha. Mais recentemente, o mesmo homem teria cometido outros crimes sexuais, pelos quais responde em liberdade.

Eventos climáticos extremos evidenciam problemas de infraestrutura na UFRGS

As chuvas de ontem agravaram uma infiltração no Laboratório 220 no prédio do Instituto de Letras da UFRGS, em Porto Alegre, e levaram ao desabamento de parte do forro. Por sorte, os destroços não atingiram ninguém – um computador, porém, foi danificado. No mesmo dia, uma sala do terceiro andar do edifício do Instituto de Ciências Básicas da Saúde foi completamente alagada pela chuva.

Os danos do mau tempo nos prédios da universidade já não são novidade. Duas semanas antes, na tarde de 13 de setembro, um funcionário terceirizado espalhava baldes no chão da sala da direção do Instituto de Artes da universidade, no Centro Histórico. Uma copiosa goteira enchia-os um a um. Ao mesmo tempo, estudantes retiravam a água acumulada em frente ao palco do Instituto Latino-Americano de Estudos Avançados (ILEA), no Campus do Vale.

As recentes precipitações torrenciais que caíram sobre a capital já alagaram diversas salas da universidade, e servem de alerta à comunidade acadêmica para a deterioração de muitos prédios da UFRGS.

“Já tivemos casos de interdição de parte do prédio do Instituto de Psicologia por desabamento do forro. O Instituto de Artes apresenta sérios problemas de infraestrutura. O prédio do Departamento de Artes Dramáticas está fechado. Em 2019, tivemos o desabamento de parte do telhado do Salão Nobre da Faculdade de Direito. E o quadro vem se agravando, particularmente depois do longo tempo sem manutenção no período da pandemia e com o corte de recursos do governo Bolsonaro. Com as últimas chuvas, esse agravamento ficou evidente”, disse à Matinal um professor que preferiu não se identificar. O orçamento de custeio da universidade é 28% menor do que em 2016.

Capital elege 50 novos conselheiros tutelares no domingo

Porto Alegre terá eleição no domingo (1º/10). Ainda que a participação não seja obrigatória, os eleitores da capital que estejam em dia com a Justiça Eleitoral são convidados a decidir quem serão os novos conselheiros tutelares nas dez regiões administrativas da cidade. Serão eleitos cinco conselheiros titulares e cinco suplentes por cada uma das dez regiões administrativas da capital. A Matinal reúne aqui informações sobre horário, local de votação e o número dos candidatos. Os conselheiros são responsáveis por prevenir e encaminhar casos de violação a direitos de crianças e adolescentes.


Matinal é uma uma rede de iniciativas ancoradas em uma plataforma jornalística plural e gratuita. E a independência editorial é garantida porque a maior parte do faturamento vem do apoio financeiro de pessoas que acreditam nesse trabalho. Faça parte desse grupo de apoiadoras e apoiadores também!
Quero apoiar a Matinal


Giro de Notícias

  • Sem reajustes há sete anos, taxistas se reuniram na terça-feira (26/9/23) com a prefeitura para pedir aumento de 30% na tarifa. Uma nova rodada de negociações deve ocorrer na próxima semana.
  • Apesar da crítica e do voto contrário da oposição, a Assembleia aprovou a participação do RS no Consórcio de Integração Sul e Sudeste, que agora é uma autarquia.
  • Também ontem a Assembleia aprovou em segundo turno a PEC dos símbolos, definindo que quaisquer alterações em símbolos do RS precisam ter pelo menos 28 votos favoráveis do parlamento gaúcho.
  • Integrantes do PSB elaboraram um pedido de afastamento do presidente estadual da sigla, Mário Bruck, por denúncias de crimes contra a administração pública. O fato deve ser debatido na próxima reunião do diretório.
  • Em entrevista ao Sul21, especialista destaca a importância de preservar áreas como a Ponta do Arado. A região alagadiça, que teve o regime urbanístico modificado para abrigar um bairro planejado, ajuda a regular cheias.
  • As aulas da UFCSPA e do IFRS estão suspensas ao menos até hoje, devido às chuvas. Na PUCRS, as ausências hoje poderão ser justificadas.
  • O PIB gaúcho registrou alta de 2,3% entre abril e junho deste ano, em comparação ao trimestre anterior.
  • O litoral gaúcho passou a integrar as Áreas Importantes para Mamíferos Marinhos. A decisão foi publicada pela União Internacional para Conservação da Natureza, órgão responsável por mapear esses espaços no mundo. Ainda que não haja chancela governamental, o selo pode impulsionar a criação de políticas de proteção à fauna das regiões. As águas marinhas do RS são importantes habitats de desenvolvimento de espécies, como o boto-de-Lahille, ameaçado de extinção.

Rio Grande do Sul eventos e feiras