Notícias enchente no Rio Grande do Sul : boletim das 19h de segunda-feira (13/05)

Retirada de pessoas por enchente no Bairro Humaitá em Porto Alegre - Sortimento Notícias

Notícias enchente no Rio Grande do Sul : boletim das 19h de segunda-feira (13/05)


Sortimento Notícias enchente em Porto Alegre – Sortimento Notícias da enchente no Rio Grande do Sul


Guaíba passou novamente do nível de 5 metros no cais Mauá no Centro Histórico de Porto Alegre. A medição aponta cinco metros e 6 cm no final da tarde de segunda-feira (3/5)

Segundo estudos de hidrólogo da UFRGS a descida das águas dos rios da região fará com que o Guaíba registre cerca de 5 metros e 30 cm

No bairro Sarandi na zona norte da capital gaúcha 35 pessoas foram retiradas de suas casas em partes tomadas. São principalmente pessoas idosas que se recusaram a deixar suas residências.

Dezenas de animais foram retirados de localidades mais isoladas.

Nas imediações da Avenida Assis Brasil, o nível voltou a subir cerca de 30 cm

Prefeituras de Eldorado do Sul e Guaíba, pedem que os moradores não retornem para as casas durante o novo período de cheia

No Vale do Taquari, o dia foi de retirada da população de regiões novamente atingidas pela cheia do Rio Taquari. A tarde, pacientes do Hospital de Encantado foram levados de helicóptero para Lajeado

Municípios como Encantado, Arroio do Meio e Roca Sales estão sem acesso por terra devido ao alto nível do Rio Taquari, que segue mais de 6 metros acima da cota de inundação.

Os rios Caí e Uruguai também apresentam queda nos níveis, mas seguem em cota de inundação.

Mais de 12 mil pessoas foram afetadas pelas enchentes em Montenegro no Vale do Caí. A cidade está ilhada.

O rio Gravataí, apresenta estabilidade já o Rio dos Sinos está em elevação assim como Guaíba.

O Ministério Público do Rio Grande do Sul vai investigar as causas e consequências das cheias em Porto Alegre e na região metropolitana. O diretor do DMAE, Maurício Loss, afirmou que a prefeitura repassará todas as informações. “Nós temos documentado da maneira que nós herdamos e tudo que foi investido, seja de reformas estruturais, elétricas, bombeamentos, contratos de manutenção”, disse. “Nós estamos muito tranquilo para todo e qualquer processo”, completou.

O DMAE conseguiu religar parcialmente mais uma casa de bombas que trabalha para tirar água da cidade levar para o Guaíba. A estação fica na região da rótula das Cuias, no centro histórico. A estação diminui os alagamentos dos bairros, Cidade Baixa e Menino Deus. 11 casas de bombas seguem sem funcionar. Conforme o departamento a expectativa é que as unidades nos bairros Humaitá e Anchieta, na zona norte, sejam religados nos próximos dias.

Em coletiva mais cedo prefeito de Porto Alegre Sebastião Mello afirmou que vai isentar as contas de água de abrigos credenciados.

O governo federal oficializou na tarde de segunda-feira em reunião virtual com o governador do Estado, Eduardo Leite, a suspensão da dívida do Rio Grande do Sul com a União por até três anos. A confirmação foi feita pelo Ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Também foi confirmada a renúncia da cobrança de juros no período. São 11 bilhões de reais de fluxo financeiro que estão disponíveis a partir da sansão da Lei. O Estado do Rio Grande do Sul deixa de pagar sua dívida com a União e a renúncia de juros já anunciada.

O presidente Lula vai anunciar na terça-feira (14/5) uma série de medidas para pessoas físicas. Ele revelou que virá ao estado na quarta-feira. Segundo presidente será anunciada a liberação de recursos para as pessoas que precisam comprar alguma após as perdas com a enchente.

O boletim mais recente divulgado pela Defesa Civil Estadual confirma 147 mortes relacionadas às enchentes do Rio Grande do Sul. 806 pessoas se feriram e há 127 desaparecidos. O relatório aponta que o Rio Grande do Sul tem mais de 538 mil pessoas desalojadas e 77.405 em abrigos. Ao todo 450 dos 497 municípios do Estado foram afetados. O que significa que cerca de 90% do Rio Grande do Sul foi atingido.

A Prefeitura de Porto Alegre orienta quem deseja entregar donativos que procure um dos 15 pontos parceiros.

O Ministério da Saúde vai montar outros três hospitais de campanha no Rio Grande do Sul para atendimento emergencial. Uma estrutura está funcionando em Canoas na região metropolitana. Outras serão instaladas junto à UPA Moacyr Scliar na zona norte da capital gaúcha, em São Leopoldo e em município a ser escolhido. O estado vai ter ao todo 10 hospitais de campanha.

O cenário na RS 118 ainda é de trânsito caótico mesmo com acostamento liberado. A extensão do congestionamento nos dois sentidos entre Gravataí e Viamão é aproximadamente de 10 km. A RS-040 flui bem em direção ao litoral.

20 mil veículos entre viaturas oficiais, caminhões, veículos de resgate já passaram pelo Corredor Humanitário na Rodoviária de Porto Alegre

Moradores da região da Cidade Baixa, em Porto Alegre, realizam protesto na Rua José do Patrocínio, devido à falta de luz. Eles atiraram fogo em objetos na esquina com a Rua Alberto Torres

A rodoviária improvisada no terminal Antônio de Carvalho, no bairro Agronomia, em Porto Alegre, ampliou o número de cidades com serviço de transporte por ônibus. Agora são 13 linhas com saída do local.

O IPE Prev suspendeu temporariamente a prova de vida para aposentados pensionistas e militares inativos. A medida visa não afetar o pagamento dos benefícios e evitar o atendimento presencial, que está com serviço suspenso na sede em Porto Alegre

Mais de 282 mil Imóveis permanecem sem luz no Rio Grande do Sul. As empresas RGS, CEEE Equatorial e Sertel divulgaram boletins. Cerca de 14 mil clientes são da área da RGE. A maioria deles estão em áreas alagadas, com impedimento de acesso por equipes ou por segurança. As regiões mais afetadas são a Metropolitana, Vale do Sinos, Vale do Taquari e o Vale do Rio Pardo. A CEEE Equatorial registra 137 mil pontos sem luz. 120 mil estão desligados por segurança. Em Porto Alegre são 95.000 clientes

A coordenação de aperfeiçoamento de pessoal de nível superior, a CAPES, autorizou a prorrogação por até dois meses das bolsas de mestrado e doutorado no país concedidas aos programas de pós-graduação do Rio Grande do Sul